Fórum de Discussão

You need to log in to create posts and topics.

CPFL Paulista destina R$ 24,6 milhões para Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética

Mais um edital de Chamada Pública para projetos de eficiência energética. A CPFL Paulista, distribuidora que atende 4,6 milhões de clientes em 234 municípios no estado de São Paulo, está com inscrições abertas para a Chamada Pública de Projetos (CPP) 2019 do Programa de Eficiência Energética (PEE). No total, a distribuidora destinará até R$ 24,6 milhões para a execução de projetos submetidos por clientes nas classes industrial, residencial, comercial, poder público, serviço público, iluminação pública e rural.

O objetivo da iniciativa, financiada com recursos do PEE (regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel), é incentivar o desenvolvimento de projetos que promovam o uso racional dos recursos naturais, reduzindo o consumo de energia e proporcionando economia na conta de seus clientes. Por meio da CPP, a concessionária torna o processo decisório de escolha mais transparente e democrático. O Edital da Chamada Pública e outros documentos estão disponíveis para consulta dos interessados na página da área de Eficiência Energética do site da CPFL Energia (www.cpfl.com.br/chamadapublica)

Fonte: Procel Info - 12.06.2019

O fórum oferece apoio para a elaboração do projeto técnico/econômico para responder ao edital da CPFL Paulista.

Eduardo Fagundes, Boa tarde

Sou do serviço público e estou tentando entender melhor como funciona essas chamas públicas.

Os municípios estão realizando chamamento público para empresas interessadas no desenvolvimento desses projetos de eficiência energética para concorrer nas concessionárias de energia.

Nos editais, não restou claro qual seria a remuneração dessas empresas, tampouco os riscos do negócio.

Por exemplo, suponhamos que a empresa tenha seu projeto aprovado pela concessionária, qual o seu benefício econômico e qual o do município?

Gostaria de entender melhor como funciona esse tipo de relação.

Obrigado desde já